Floração e Identificação de Pleurothallis  

Posted by Mariana G. De Nadai in

À primeira vista, os Pleurothallis não parecem ser muito atraentes para a maioria dos orquidófilos, mas suas flores costumam agradar logo de início. São como a maioria das plantas de diminuta dimensão, ou seja, flores muito pequeninas, embora costumem formar longas hastes com dezenas de flores, normalmente com um perfume bem marcante, com essências que podem lembrar a madeira ou, ainda, flores extremamente fétidas que remetem à carne podre.
O universo dessas plantas pode ser realmente muito fascinante. Os diferentes aromas existem justamente para atrair os polinizadores certos para cada tipo de planta; mas há um fator comum no gênero -todas as espécies sempre apresentam duas políneas.

Identificação
Talvez a classificação seja o item mais difícil no que diz respeito aos Pleurothallis. O gênero possui mais de 2.100 espécies, e esse número só aumenta dia após dia. Isso acontece porque muitas variedades já mudaram de nome inúmeras vezes, passando a ser integrantes de um novo gênero ou ainda por causa de pesquisadores de fora que vêm às Américas para estudar essas plantas e acabam encontrando, nas densas e fechadas florestas, espécies desconhecidas, dificultando para os orquidófilos o trabalho de identificação. Mas não se deve desanimar, pois algumas flores já são bem conhecidas no meio, basta dedicar-se mais a pesquisa da espécie para encontrar o seu nome correto.
Ainda podemos citar as diferenças morfológicas dessas plantas, um dos grandes atrativos da espécie. Não só as flores chama a atenção, como a variedade de formatos e dimensões.O que mais impressiona os orquidófilos são as diferenças entre elas, que nem parecem pertencer ao mesmo gênero. Essa diversidade é o fator que mais agrada os amantes dessas orquídeas.

Fonte: Revista O mundo das Orquídeas nº 59

This entry was posted on quarta-feira, junho 24, 2009 at quarta-feira, junho 24, 2009 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the comments feed .

0 comentários

Postar um comentário

Visitas